Você já ouviu falar em creepypastas? Creepypasta é o termo usado na internet para identificar histórias amadoras de terror e lendas urbanas, normalmente difundidas entre frequentadores de fóruns, e que se popularizou através deles e de vídeos feitos para o Youtube em canais do mesmo estilo. As histórias de autoria desconhecidas são narradas de modo envolvente e normalmente são relacionadas a elementos da cultura pop, como filmes, videogames e personagens, os vídeos são complementados com fotos assustadoras e áudios ou vídeos relacionados a história narrada, que deixam a experiência ainda mais envolvente para o leitor.

As creepypastas são muito mais popularizadas nos Estados Unidos, onde existe muito mais produtores do conteúdo como mais espectadores, mas já existem aqui no Brasil vários canais e influenciadores que produzem esse tipo de conteúdo e que atraem muitos fãs de terror.

Antigamente, por terem surgido em fóruns e demais redes conhecidas, as pastas eram compartilhadas como um viral, vem daí a brincadeira com o nome, que vem de “creepy” que significa assustador ou bizarro e “copypaste” que significa copia e cola.

Você, provavelmente, conhece alguns exemplos de creepypastas, as histórias do Slender Man e da Momo, são algumas das mais populares da internet. Este primeiro já ganhou as telas do cinema em 2018 e jogos dedicados para ele. A Momo é a mais recente lenda urbana da internet, propagada via WhatsApp, a história acabou ganhando o mundo quando os participantes eram desafiados a começar a se comunicar com um número desconhecido. Porém, como sabemos, a imagem conhecida da Momo é uma escultura japonesa, exposta em 2016, que alguém acabou utilizando para criar uma creepypasta, ou seja, uma história de terror que se propagaria de forma rápida pela internet. Funcionou não é mesmo?

Slender Man: Pesadelo sem Rosto (2018)

A junção da ficção com a vida real contribuí para que as creepypastas se popularizem, a própria lenda urbana de A Bruxa de Blair é um belo exemplo disso, apesar de não ter surgido efetivamente na internet. É importante também dizer que é preciso ter muito cuidado neste meio, visto que muitos criminosos surfam dessa onda. Então sim, este é um tipo de conteúdo recomendado apenas para adultos.

Aqui no Brasil, não há um grande interesse das editoras em trabalhar em cima do conteúdo e são poucos os autores que se dedicam a este tipo de história de terror. Creepypastas são histórias curtas, que em poucas palavras devem desenvolver todo um enredo aterrorizante, sem deixar de lado a ambientação do local, isso é muito importante para que o terror realmente chegue ao estágio necessário para que o medo envolva o leitor.

Eu conheci as Creepypastas através de canais de terror do Youtube, como Medo B, D4rk – Medo & Terror e David Herick, este último é o maior canal brasileiro do tema, contando com mais de 1 milhão de inscritos e chegando a pegar em seus vídeos mais de 10 mil visualizações, além disso, David conseguiu lançar um livro através da editora Planeta do Brasil, pelo selo Minotauro.

O livro se chama O Livro Maldito, mas vou dar um spoiler e dizer que não me senti tão envolvido com a experiência. Sem dúvidas os vídeos conseguem causar muito mais arrepios, provavelmente, por contarem com outros elementos que contribuem para a nossa imersão. Mas o ponto alto desse lançamento é o fato de estarmos conhecendo de forma mais ampla o estilo, e torço muito para que ele vá bem nas vendas, já que isso é fundamental para que tenhamos mais lançamentos desse estilo, inclusive do mesmo autor.

Uma curiosidade é que nos Estados Unidos tanto as creepypastas quanto os livros sobre o tema são muito comuns e possuem um público fiel nas livrarias, pois há muitos escritores produzindo este conteúdo. Por aqui, a maioria das creepypastas são apenas traduzidas para nosso idioma, seja para serem postadas em sites ou as que acabam virando vídeos no Youtube. O maior portal brasileiro do assunto é o Creepypasta Brasil,  que semanalmente desde 2011, lança contos novos no seu site, abastecendo os leitores creepies fielmente.

Abaixo seguem os links dos canais que citei aqui, para aqueles corajosos visitantes do Estante Diagonal que desejem enfrentar o horror das creepypastas, mas antes vai um aviso: elas viciam, lendo a primeira, você não conseguirá mais parar, e isso inclui o fato de suas noites de sono nunca mais serem as mesmas.

David Herick

D4rk – Medo & Terror

Medo B

PARTICIPE

rela
ciona
dos

Os melhores contos de terror para você ler Livros para ler neste Halloween