Senna Richards é uma autora renomada, seu livro foi parar entre os mais vendidos do The New York Times, e isso é a primeira coisa que ela quer que nós saibamos quando começa a narrar a sua história.

Agora, presa em uma cabana no meio da selva, sequestrada, parece que seu livro de sucesso pouco importa, ninguém ali quer saber quantos exemplares ela conseguiu vender ou quantas semanas passou entre os mais vendidos, nada disso pode salvá-la aparentemente. Agora são apenas ela e Isaac, um cirurgião que já a ajudou muito em sua vida, que entrou no seu caminho em um dos seus momentos mais difíceis, e que agora está novamente a sua frente, bem quando ela pode estar entre a vida e a morte.

Tentando ligar as pistas que a levam de volta ao passado, presa a esta cabana Senna terá que superar a fome e o perigo iminente para entrar nos jogos do seu raptor, mas será que isso não a deixará novamente vulnerável, algo que ela tanto teme?

O Lado Obscuro foi minha primeira experiência com a escritora, já muito famosa tanto no Brasil quanto no exterior, sendo uma das mais aclamadas atualmente dentro do seu estilo literário, que se assemelha a thrillers românticos, envolvendo relacionamentos junto com um suspense bem eletrizante, uma combinação que me chamou muito a atenção.

A descrição que Fisher faz durante a narrativa em primeira pessoa é bem detalhista e reveladora, mostrando muitos elementos importantes para a obra e dando a real noção ao leitor do ambiente que está sendo apresentado em cada uma das cenas. Uma outra coisa que me agradou bastante na obra foi o seu desenvolvimento, o começo do livro é muito fluído, com diversos dias passando sem precisarem serem citados, focamos apenas na personagem que acaba dizendo quanto tempo teria passado entre um capítulo e outro, deixando o livro menos maçante e indo direto aos fatos importantes.

Logo pude perceber que Tarryn Fisher é uma escritora dura e que abordar assuntos extremamente fortes. Seu livro ao mesmo tempo que destaca relacionamentos amorosos, vem com cenas difíceis de se ler, repletas de frases severas, além de muitos assuntos polêmicos e que precisam ser debatidos.

Falando sobre o enredo, logo no início da leitura achei a protagonista um pouco inconsistente. Algumas atitudes suas não condiziam com a de uma pessoa em sua situação, não se mostrava preocupada, mostrando uma calma, como se soubesse que em breve iria ser libertada. Além disso, não havia explicação do fato dela estar presa na mesma casa que Isaac, já que aparentemente nada os liga mais.

Porém com o passar das páginas, Senna vai mudando seu comportamento e se revelando aos poucos, ficando perdida, começando a enlouquecer. Isso é perceptível e é uma evolução de personagem incrível, mesmo que ela vá ficando cada vez mais difícil e se tornando realmente uma personagem insuportável. Isso condiz com aquilo pelo que ela está passando e pelas coisas que vai descobrindo, é algo muito bem-criado, com uma evolução narrativa ótima e que vai fisgando o leitor. Aos poucos vamos entendendo os diversos porquês de Senna, o modo que age e o modo como se moldou com o tempo, isso cabe ao leitor descobrir.

Para quem não conhece, Tarryn Fisher é tão maravilhosa que chegou a escrever livros em parceria com Colleen Hoover, uma de suas melhores amigas e uma das autoras mais aclamadas da atualidade, as duas juntas fazem uma dupla incrível. E aqui no Brasil foi lançado a trilogia Nunca Jamais, lançada pela Editora Record. No começo desse ano mais um livro de Fisher foi lançado, Invisível é mais um de seus interessantes mistérios. Também da autora já saíram por aqui A Oportunista, F*ck Love e Stalker, todos lançados pela Faro Editorial.

Pra finalizar, antes, tinha achado difícil eu gostar de O Lado Obscuro, por ser um thriller psicológico e por envolver pontos que, talvez, para um homem não sejam tão interessantes, já que inegavelmente o público alvo de Tarryn é o feminino, mas dentro do que ela se propõe no livro e tudo aquilo que ela apresenta na obra, o conjunto completo em volta de uma personagem é muito bom e se saiu muito melhor do que eu poderia imaginar. Eu sai da minha zona de conforto lendo algo de uma escritora que eu provavelmente não iria procurar em uma livraria se não a conhecesse, mas graças a esta leitura, a vejo com grande admiração pelo estilo de trabalho que se propõe a fazer, um suspense surpreendente, aliado a um thriller psicológico que prende muito a atenção do leitor, virei fã de Fisher e que mais livros dela venham.

  • Mud Vein
  • Autor: Tarryn Fisher
  • Tradução: Fabio Alberti
  • Ano: 2019
  • Editora: Faro Editorial
  • Páginas: 288
  • Amazon

rela
ciona
dos

Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário” Junji Ito anuncia série de terror pela Netflix Lançamentos de livros que chegarão as livrarias em breve