Um Encontro de Sombras é o segundo livro da trilogia Tons de Magia. O terceiro livro, Uma Conjuração de Luz, já está em pré-venda com lançamento para 7 de dezembro de 2020.

Depois dos últimos acontecimentos do primeiro livro, Kell e Lila seguiram por caminhos diferentes. Kell parou com os contrabandos e vive pensando nos acontecimentos do passado. Para piorar, suas noites estão sendo atormentadas por estranhos sonhos, sobre acontecimentos mágicos de mau agouro. Já Lila está a bordo de um navio, o Night Spire, viajando pelo mundo como ela sempre sonhou. Mas o destino como sempre vai juntar Kell e Lila outra vez, pois os Jogos Elementais, competição que reúne os magos mais fortes dos três reinos, vai acontecer. Enquanto todo mundo está entretido com esse evento, uma Londres esquecida começa a despertar.

Eu tenho certeza de que sou mais forte do que as minhas chances. De que cruzei mundos e salvei cidades. De que derrotei reis e rainhas. De que sobrevivi a coisas impossíveis.

Eu esperei quase um ano para ler esse livro e agora nem acredito que dois anos depois da leitura, eu finalmente vou finalizar essa trilogia. Eu lembro como se fosse ontem, o quão enlouquecida eu fiquei com o final deste livro.

Então, depois de um primeiro livro bem movimentado e cheia de tensão, eu estava esperando que esse segundo seguisse a mesma linha, contudo aqui V. E. Schwab segue outra linha narrativa. Aqui ela apresenta a nova realidade dos personagens e o que aconteceu nos quatro meses que se passaram depois do final de Um Tom Mais Escuro de Magia. Acabou que mesmo dentro dessa nova realidade, eu também adorei a leitura. O primeiro destaque é ver que Lila ganha uma importância maior e a história está focada mais nela e menos no Kell. Ver a Lila como uma pirata e realizada com seus feitos foi muito divertido. Além disso, ela consegue evoluir como personagem, mas mesmo assim não deixa a impulsividade de lado.

Kell está claramente passando por uma crise. A vida dele mudou completamente e sua relação com seu irmão também mudou. A ligação entre os dois agora é mais intensa e eu gostei muito de ver como a autora trabalhou essa influência de vida e morte na trama. Rhy aparece mais nesse livro também, contudo durante alguns momentos eu não gostei de suas atitudes. Um novo personagem aparece nesse livro, e eu simplesmente adorei ele. Alucard é o misterioso Capitão do Night Spire, o navio em que Lila está em boa parte do livro. Eu curti muito a relação dos dois e o modo como ele ensina a Lila a usar a magia. Alucard ganhou um lugar no meu coração.

Confira a resenha de Um Tom Mais Escuro de Magia

A narrativa desse livro é com certeza mais lenta que a do livro anterior, mas isso não é um problema. Aqui fica claro que a ideia da autora era desenvolver os personagem e eu gostei muito disso. Sem falar que tudo que envolveu os Jogos Elementais ganhou minha atenção. Fiquei bem impressionada em ver outras pessoas de outros reinos usando magia em uma espécie de campeonato. Durante os jogos há muitos momentos legais envolvendo os protagonistas, e isso me deixava ainda mais animada com a leitura.

É muito interessante ver que por mais que a história seja focada na Londres vermelha, as outras Londres não ficam esquecidas e temos informações sobre elas nos momentos certos. Com um final que me fez surtar, Um Encontro de Sombras já coloca a trilogia na minha lista de fantasias preferidas. Estou mais que ansiosa para ler o terceiro volume.

  • A Gathering of Shadows
  • Autor: V. E. Schwab
  • Tradução: Ana Carolina Delmas
  • Ano: 2017
  • Editora: Record
  • Páginas: 560
  • Amazon

rela
ciona
dos

Confira o teaser do novo filme da saga “Jogos Vorazes” Stranger Things: Livros que expandem o universo Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário”