Pride and Prejudice and Zombies

Lançamento: 25 de fevereiro de 2016
Com: Lily James, Sam RileyLena Headey, Charles Dance
Gênero: Terror, Ação, Comédia

Acredito que a grande maioria das almas vivas na terra (e as não vivas também) já ouviram falar de Orgulho e Preconceito da autora Jane Austen. Há 200 anos, Elizabeth Bennet e Sr. Darcy vêm preenchendo corações apaixonados. É como se esta história se tornasse imortal, e grande parte disso é por conta das diversas adaptações da obra.
É muito difícil não associar a imagem de Colin Firth ao personagem masculino mais conhecido do mundo, mas eu confesso que meu queridinho foi e sempre será Matthew Macfadyen, que desempenha a melhor declaração de amor , mesmo todo encharcado da chuva.
Então, chega ao cinema mais uma releitura dessa história, em um filme totalmente diferente do que estamos acostumados. Orgulho e Preconceito e Zumbis (originalmente adaptado por Seth Grahame-Smith no livro homônimo, lançado pela editora Intrínseca aqui no Brasil), trará de volta todos os elementos da trama original, a não ser pela inclusão de um novo elemento na história. Zumbis, é claro.

Voltamos para o século passado e uma misteriosa praga iniciada pela peste negra contamina e dizima parte da Inglaterra. A família Bennet é uma família treinada para o combate, treinada na China, Elizabeth Bennet (Lily James) e suas irmãs dominam todas as artes marciais e o manuseio de todas as armas. Ao contrário de suas irmãs, Lizzie está fortemente inclinada a nunca largar sua espada por um anel. Nesta releitura, Mr. Darcy (Sam Riley) é um caçador de zumbis e capitão na luta contra os mortos-vivos, que de alguma forma encontram um meio de se esconder estre os vivos. 
Apesar da constante ameaça, a sociedade se abriga e sobrevive da forma mais normal possível e os destinos de Lizzie e Darcy irão se cruzar na noite em que Mr. Bingley (Douglas Booth), novo no condado, acaba se encantando por Jane (Bella Heathcote), irmã mais velha de Elizabeth. Assim como no clássico, o início da relação dos protagonistas é cheio de faíscas, mas como bem sabemos, isso é só o começo de um relacionamento tão ardente, isso se intensifica quando Mr. Darcy presencia em um baile, Lizzie e suas irmãs dizimando uma invasão de uma horda de zumbis, sem ao menor que ele tivesse a chance de empunhar sua espada.

Foi uma alegria imensa ter assistido ao filme em uma cabine de imprensa e ver uma releitura tão bem construída. Não houve decepção alguma da minha parte. Muitas cenas foram recriadas fielmente a obra original e aquelas que não foram, eram adaptadas para o novo contexto que Orgulho e Preconceito e Zumbis necessitava. A inserção dos Zumbis é um novo desafio na trama, é garantia de ação e instiga ainda mais os telespectadores. É a oportunidade perfeita para atrair uma nova geração que ainda não conhecia Jane Austin. A trama também enfatiza as personalidades, tão marcantes, de cada personagem. Além disso, o filme, como a real intensão da autora, continua fazendo uma boa crítica sobre a posição da mulher na sociedade.
Lily James incorporou a Lizzie que conhecemos, sua determinação e força são ainda mais visíveis e exploradas nesta nova realidade, mas para o que preciso dar os parabéns é para a interpretação de Sam Riley que praticamente é meu novo Sr. Darcy favorito. O ator incorpora todo o orgulho, preconceito e arrogância do personagem, tudo isso disfarçado pelo seu receio em relação a Lizzie. Achei sua interpretação impecável, os gestos, os movimentos e principalmente o olhar tão emblemático.

Os personagens secundários estão igualmente impecáveis, contanto com personalidades de peso para tais papeis. Como não adorar esta adaptação com Charles Dance, Matt Smith, Bella Heathcote e Lena Headey no elenco? Pontos altíssimos também para o figurino do filme! São lindos e invejáveis e também totalmente adaptáveis para a luta, afinal, falamos de mulheres, espartilhos e armas.

Eu adorei o filme e recomendo que todos assistam. Tenho certeza que os fãs de Jane Austen matarão a saudade desse casal tão querido, em uma nova trama, envolvente, cheia de ação e zumbis. O filme dá um pequeno e um grande indicio nos pós créditos sobre uma continuação, então ao saírem do cinema, comecem a contar os dias.

rela
ciona
dos