Pausa para explicação: se você nunca viu um drama antes deve estar se perguntando – Mas que droga é essa? – Bom, explicando de forma bem breve, drama é como são chamados os seriados asiáticos. Você também vai escutar muito nesse meio a denominação doramas, mas recentemente aprendi que essa designação está mais voltada para os dramas japoneses. Você que acompanha o Estante Diagonal deve estar achando estranho um post sobre isso aqui, mas graças aos deuses, a Joi aceitou meu pedido e agora posso compartilhar meu amor asiático com vocês. Você deve saber que eu sou uma bookaholic fanática, que gasto mais dinheiro com livros do que com roupas e que nunquinha antes precisei decidir entre ver um filme ou ler um livro, pois a resposta era óbvia. Mas então conheci os dramas e olha, tá muito difícil dividir o tempo entre esses dois amores. Tem de todos os gêneros e para todos os gostos, você raramente os verá dublados e prepare-se: vai viciar completamente. Strong Woman foi meu mais recente amor. O drama foi um mega sucesso na Coréia do Sul e aqui, entre os fãs do gênero, virou uma febre. Por ele ser tão incrível, vou começar a nova coluna do blog com ele.
Do Bong-Soon descende de uma linhagem de mulheres extremamente fortes, embora seja uma menina doce, ela sofre constantemente com o excesso de força. Sem poder controlar seus poderes e com medo do que pode acontecer caso seu segredo seja revelado ao mundo, ela tenta desesperadamente esconder seu verdadeiro eu. Não bastasse a pressão que ela sofre em casa para conseguir um emprego, ela ainda precisa lidar com o amor não correspondido que sente pelo melhor amigo. In Gook Doo é um policial dedicado que sempre deixou claro seu tipo ideal de mulher, elas precisam ser meigas e frágeis. Com isso em mente Do Bong evita a todo custo usar sua força, enquanto sonha com o dia que verá seus sentimentos serem correspondidos.
Ahn Min Hyuk obteve grande sucesso como fundador da Ainsoft, uma empresa que desenvolve games, mas é tão solitário quanto Do Bong-Soon. Sua família é muito rica, e após a morte da mãe, os irmão brigam constantemente pela sucessão nos negócios do pai. Mesmo tendo saído de casa muito cedo, seu pai vê nele um CEO responsável e talentoso, o que gera inveja e inimizade entre seus irmãos. É nesse cenário que ameaças começam a chegar e ele vê a necessidade de encontrar proteção. O destino de ambos se cruza quando Do Bong presencia uma cena de injustiça e precisa usar sua força para salvar um inocente que sofre nas mãos de uma gangue. Ela só não imaginava que haveria uma testemunha no local e que logo em seguida receberia uma proposta de emprego tão inusitada. A jovem de força extraordinária é tudo o que Ahn Min precisa e ele logo a contrata como sua guarda-costas.
Enquanto isso, algumas mulheres começam a ser atacadas e sequestradas na vizinhança de Do Bong-Soon e após presenciar um desses momentos, a jovem acaba na mira de um perigoso psicopata. Agora ela finalmente tem a atenção que sempre sonhou de In Gook Do, que demonstra grande preocupação pela segurança dela e sugere que ela seja protegida pelo chefe e divida a casa com ele, o que desperta no trio uma série de emoções confusas.
Não quero contar mais nada da história para não tirar a graça da coisa, mas gente, esse é um dos dramas mais fofos que já assisti. Ele traz uma série de elementos que o torna diferente e ainda mais incrível que histórias anteriores. Creio que é a primeira vez que vejo uma protagonista que é completamente capaz de proteger a si mesma e ainda oferecer o mesmo ao seu par romântico. Ela não é do tipo que leva desaforo pra casa, mas ainda assim é tão fofa que dá aquela vontade de apertar. Como toda garota apaixonada, ela tenta agradar o rapaz que ama, e isso vai render algumas raivinhas, afinal, como esse cara pode ser tão babaca e apaixonante ao mesmo tempo. Ele representa bem o típico ditado: “não caga nem desocupa a moita”, deixando tanto a personagem principal, quanto a gente, confusos sobre seus sentimentos.  E então temos o CEO mais lindo e incrível de todos os tempos. Responsável pela OTP mais perfeita de todos os dramas. Ele admira e respeita a protagonista pelo o que ela é, aceita e incentiva a todo instante seus talentos e sua força, coisa que ela morre de vergonha. Mas ele também cuida dela e demonstra preocupação em protegê-la, mesmo que ela não precise. Resumindo, o cara é maravilhoso. Se isso impede shipp errado? Deixo aqui meu não bem sofrido. O triângulo amoroso alcança seu objetivo com sucesso.
Mas não é só romance não. Tem muita comédia, a Do Bong surrando os bandidos rende cenas hilárias e mesmo tendo aquele ar trash é impossível não amar nossa heroína arrependida após passar dos limites. Também tem muita imaginação equivocada e o bom e velho bromance, que quase, eu disse quase, faz você mudar seu shipp. Mas então chegamos a parte séria da coisa toda. O sequestrador que vai trazer momentos carregados de tensão para a história. Gente, o cara é muito creepy, vê-lo em ação dá até aquele friozinho na espinha, digno de filmes de terror, e se prepare que ele não está pra brincadeira. O formato do drama ficou ótimo e no meio desse tanto de coisa ruim, tem cenas leves para não matar você de nervoso, mas confesso que tive até pesadelos com ele.
Como todo bom drama que preze, não pode faltar aqueles detalhes que deixam a história ainda mais envolvente. Primeiro a relação da mãe da Do Bong com ela. É muito triste e nítido a forma desleixada como a mãe prefere o irmão, e a trata como uma inútil, e às vezes até como objeto. Mas também é legal ver o quanto a relação da jovem com o CEO a torna mais corajosa e ela finalmente questiona a mãe. Não dá pra esquecer a atenção que o Gook Du recebeu em relação à sua profissão. A gente acompanha as investigações junto com ele e sua equipe e parece até que estamos lendo um bom thriller policial.
O final é fantástico e foge muito do padrão em relação aos dramas de romance, mas não deixa de arrancar suspiros. Eu espero do fundo do coração que você ame essa história tanto quanto eu. O drama possui uma única temporada e cada episódio dura em média 60 minutos. Parece muito mas na hora você nem sente. Deixo aqui um MV super fofo, porém cheio de spoilers, que você pode assistir por sua conta em risco. Beijos e até a próxima Hora do Drama.

STRONG WOMAN DO BONG-SOON

País de Origem: Coréia do Sul
Gênero: Fantasia, Ação, Romance, Comédia
Duração: 16 episódios – 60 minutos
Ano: 2017

rela
ciona
dos

Livros de bruxaria moderna para você conhecer Livros banidos no Brasil e pelo mundo 6 livros com casas mal assombradas Nimona vai ganhar um filme de animação em 2023