Resenha: Dumplin'

Título Original: Dumplin'
Autora: Julie Murphy
Ano: 2017
Editora: Valentina
Páginas: 336
Amazon - Saraiva

Dumplin' é o apelido que Willowdean ganhou da mãe e que por sinal ela odeia. Não é para menos. Esse apelido faz referência a uma espécie de bolinho frito e quem é que gosta de ser associado a uma comida gordurosa, principalmente, por causa do seu peso? Por mais que a intenção da mãe dela não seja ofender de verdade, eu prefiro chamar a personagem pelo seu nome ou por Will, porque sei que ela prefere assim.

Will está no ensino médio e é uma garota gorda que lutou por toda sua infância contra a balança. Ela tinha tudo para crescer completamente insegura devido as tentativas de sua mãe, ex-miss da pequena cidade onde moram, em mudar o seu padrão. Até alguns meses atrás, a grande referência de Will em sua vida era sua tia Lucy. Ela também era gorda e incentivou muito a menina a não deixar de fazer o que queria por causa do seu peso ou do que as pessoas achariam, ou seja, Will se tornou uma menina que convive bem com o seu corpo.

Os problemas começam quando ela passa a trabalhar em uma lanchonete nas férias de verão. É entre a cozinha e o atendimento no caixa que Will precisa lidar com um colega de trabalho que logo vira o seu crush secreto. Bo estuda em um colégio particular e joga basquete e Will não esperava que ele pudesse corresponder ao seu interesse que estava muito longe de ser só amizade. De certa forma isso a assustou e Lucy não estava mais por perto para dar conselhos a Willowdean.

"Mas essa sou eu. Gorda. Não é nenhum palavrão. Não é nenhum insulto. Pelo menos, não quando eu digo. Por isso, sempre me pergunto: por que não chutar logo de uma vez para longe essa pedra do caminho?"


Ela poderia recorrer a Ellen, sua melhor amiga, uma beldade tipicamente americana, mas as duas parecem estar em fases diferentes da vida. E, é no meio de tudo isso que Will começa a duvidar de si mesma e decide encarar o problema da forma mais inusitada possível. Ela se inscreve no Concurso Miss Jovem Flor do Texas! Will só não esperava que sua decisão inusitada fizesse com que mais três colegas do colégio, completamente fora dos padrões, resolvessem entrar nessa junto com ela.

O grande destaque do livro é o fato dele trazer mais do que a representatividade de uma personagem gorda como protagonista da história. Will representa uma personagem adolescente normal. Muitas vezes vemos as personagens gordas de forma muito estereotipada ou que precisam sofrer grandes transformações para serem aceitas. A Will não busca por aceitação, ela apenas quer provar que ela pode fazer o que qualquer outra menina dentro dos "padrões" faz, inclusive, participar de um concurso de beleza.

A relação de mãe e filha na história é muito conflituosa. Julie Murphy, autora do livro, retrata bem a dificuldade de comunicação entre as duas e as situações de desconforto. Apesar de tudo é possível ver que a mãe de Will, mesmo sem saber como, faz o que pode pela filha, normalmente através de pequenos gestos. Infelizmente, muitos outros "pequenos gestos" ofendem muito a Will que esperava outra atitude da mãe.

"Obviamente eu não conheço a história inteira, mas as boas amizades são duradouras. Elas têm que sobreviver aos vãos, às fendas e às dificuldades da adolescência."


As personagens secundárias são incríveis! Amanda, Hannah e Millie são bem diferentes umas das outras, não apenas esteticamente, mas também pela personalidade. Nenhuma delas está dentro do padrão e cada uma traz uma lição tanto para Will quanto para o leitor. A mensagem final da Julie Murphy é aos jovens gordos, magros, altos, baixos, e todos que ficam entre um extremo e o outro: ainda bem que não há gente exatamente igual. O mundo seria extremamente tedioso.

Também acho importante destacar os personagens masculinos da história. Eu tive muita dificuldade em gostar totalmente do Bo ou do Mitch. A maior parte do tempo, eu achei eles meio sem sal. Pensei bastante sobre isso e conclui que não estamos acostumadas quando o boy da história é bonzinho. E também percebi que por mais que os relacionamentos da Will sejam um ponto da história, o foco são suas amizades com as meninas e como juntas elas se tornam mais forte. Talvez por isso, Julie não tenha desenvolvido tanto os personagens masculinos, para não tirar o foco das meninas - essas são apenas suposições minhas. 

Com certeza esse é mais um YA que eu indico para qualquer idade. O livro traz as principais questões que envolve a adolescência (namoros, amizades, sexo, primeiro beijo), mas também traz lições lindas sobre sororidade e empatia. Não é à toa que epígrafe de Dumplin' é uma frase da cantora country Dolly Parton: "Descubra quem você é e faça isso de propósito". E não é só na época do colégio que podemos e precisamos descobrir quem nós somos de verdade.

35 comentários

  1. Achei a sinopse maravilhosa!
    Eu nunca li nada com a personagem principal sendo gorda.
    Ela entrar em um concurso de beleza e se apaixonar por um carinha gato é uma coisa meio impossivel de dar certo! Quero ver o que acontece no final!
    E que capa mais linda e fofa! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Herica. Tenho certeza que a história vai te surpreender ❤

      beijos

      Excluir
  2. Já havia visto este livro na Saraiva, mas não sabia nada sobre a história! Adorei a sinopse e acredito que deve ser muito legal acompanhar a Will, sua vida e decisões. Obrigada pela indicação ^^

    ResponderExcluir
  3. Pela sua resenha esse livrinho parece ser bem interessante, até porque a maioria dos livros (pelo menos os que eu li) quase nenhum personagem é do tipo que não está dentro do padrão...então acho que seria uma mudança legal na leitura. Apesar disso ainda estou na duvida ser vou colocar o livro na minha lista de leitura, não é o tipo de livro que normalmente leio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa realmente é um ponto ótimo, Angel. Ou as personagens são magras e atendem a um estereótipo dito como normal, ou o autor não se dá ao trabalho de descrever a personagem. E tenho certeza que quando isso acontece, não pensamos em uma descrição com a da Will. Existe muito preconceito em relação a pessoas gordas e a principal é achar que eles não podem fazer as mesmas coisas que todo mundo! Vale muito a pena pela discussão que ele traz, Angel :)

      Excluir
  4. Nina!
    Difícil viver dentro dos padrões que a sociedade impõe, principalmente na adolescência.
    Gostei de ver que Will e suas amigas querem apenas mostrar que são 'normais' que não são diferentes das outras adolescentes e achei demais a ousadia dela em querer participar de um concurso de beleza.
    E que mãe é essa, hein? Vixe! E porque tentava fazer o melhor, avalie se não...
    Desejo um mês repleto de realizações!
    “A música é uma revelação superior a toda sabedoria e filosofia.” (Ludwig van Beethoven)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mãe dela é bem tensa, Rudy! Mas o livro traz lições muito valiosas ❤

      Excluir
  5. Parece ser uma historia muito boa e que nos deixa refletindo sobre nos mesmos e a sociedade, gostei da personagem que não fica se lamentando por ser assim e se aceita como é e vai a luta do que quer, não se importando com a opinião dos outros, achei bem legal e corajosa a atitude dela se de inscrever no concurso isso incentivou outras garotas a fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. A Will é incrível! E apesar dessa força toda, ela tem suas inseguranças. Mesmo assim ela prefere enfrentar os seus medos. ❤

      Excluir
  6. Adorei a resenha, a história parece ser muito legal, adoro quando o autor cria personagens reais, com problemas reais e vidas reais, adorei a solução que ela arrumou para poder lidar com tudo, afinal, se todas que estão no padrão pode, por que quem não está no padrão não pode?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Giu!!! Espero que possa ler o livro. Beijos

      Excluir
  7. Curti demais o tema proposto nessa obra. Essa questão da auto estima da personagem, me chamou bastante a atenção.
    Acredito que vou me identificar bastante com a protagonista e suas aventuras.
    Parece ser uma leitura incrível e muito bem construída. Espero ler em breve.
    Fico contente por ter sido uma leitura positiva pra você :)
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você possa ler logo, Carol. O livro não é muito grande e a escrita da autora ajuda bastante. Depois me conta o que achou :)

      Excluir
  8. Olá!
    Nunca li nada com esse tema ou nesse estilo, mas gostei da indicação. Parece ser uma leitura que traz ensinamentos e reflexão, com personagens corajosos e trazendo a tona, temas importantes.
    Sua resenha está linda e é ótimo saber que a leitura foi positiva para você. Já fiquei animada para conferir também!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Márcia. Sempre muito gentil ❤ Beijos

      Excluir
  9. Já havia visto o livro, mas a capa não havia me chamado a atenção.
    Mas agora que li a premissa, fiquei até com vergonha por não ter visto antes haha
    Imagino que deve ser bem difícil a relação com a mãe, pois ela é um padrão bem diferente do que a mãe já foi e ainda mais com um nome relacionado a comida.
    Mas gostei da mensagem que o livro passa, pois não teria graça nenhuma se fossemos todos iguais mesmo.
    Acho tão gostoso quando personagens secundários são tão encantadores!

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse livro as personagens secundárias são maravilhosas, Ni. Espero que a resenha tenha despertado o seu interesse para ler :) Beijinhos

      Excluir
  10. Estou doida pra ler esse livro! A história dele parece ser realmente muito boa, e com as personagens muito bem construídas, só é uma pena que os personagens masculinos não foram tão desenvolvidos, talvez a autora realmente tenha feito isso para não tirar o foco da meninas...
    Eu já comprei o livro, agora estou só esperando ele chegar. E espero gostar dele tanto quanto você :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaah! Depois vem me contar o que você achou, Rafa. Os personagens masculinos não são ruins. Só achei que faltou algo mais. Mas como o foco são essas meninas incríveis, isso não diminuiu em nada o quanto o livro é bom. Ansiosa para saber o que você achou ❤

      Excluir
  11. Já li alguns comentários positivos referentes a este livro e isto me deixou bem curiosa para conferir a história de Dumplin', acho que é uma história que nos faz refletir.
    Sua resenha está muito boa, pretendo ler este livro em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois vem me contar como foi sua experiência de leitura, Mari

      Excluir
  12. Oi.
    Eu já tinha ouvido falar do livro mas não festa que até agora ele não tinha me chamado atenção eu fico triste em ler em livros as consequências da estereotipação mesmo que ainda seja uma realidade em nossa sociedade quanto à relação de mãe e filha também me deixou bastante triste essa falta de comunicação realmente atrapalha absolutamente tudo mas tenho certeza que a autora abordou isso de uma maneira muito interessante Fiquei curiosa para saber como será o final da relação de mãe e filha e como a nossa personagem Irá superar todas as adversidades.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenhá a oportunidade de ler e descobrir tudinho

      beijos ❤

      Excluir
  13. Desde que este livro foi lançado pela Valentina e fiquei sabendo eu já queria ler, amo essa capa, e amo a temática do livro e gosto muito de temas nos livros com estereotipaçao e ainda mais ver como isso é mudado e encarado.

    ResponderExcluir
  14. Estou querendo muito ler esse livro, e estou aqui me coçando para comprar ele logo. A premissa do livro é super interessante, e esse parece ser o tipo de livro que vai ficar me fazendo refletir por bastante tempo. A história dele parece ter sido muito bem desenvolvida, e acho que realmente vou gostar muito do livro.
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  15. Quando me deparei com este livro, meu maior receio e de que a trama trouxesse a questão da personagem ser gorda de uma forma estereotipada, mas vejo que e muito pelo contrário, e uma personagem palpável, com uma personalidade real, cheias de defeito, porém com uma grande força de vontade de dar a volta por cima. Um dos pontos que mais me chamou a atenção e que conseguimos de certa forma nos identificar, e sentir sororidade, e empatia por ela.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ninca ;)
    Estou super ansiosa para ler Dumplin, e você me deixou mais animada ainda kkkk
    A Will parece uma personagem incrível e marcante, e o livro parece ser daqueles que emociona o leitor ao falar de temas fortes e impactantes!
    acho que o que mais vou gostar no livro são os personagens. E adorei que a autora focou nas amizades da Will com as meninas, mostrando que estando unidas elas se tornam mais fortes!
    Estou ouvindo falar muito bem da escrita da Julie Murphy, e acredito que ela tem tudo para se tornar uma autora queridinha ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Estou louca para ler esse livro! Uma personagem gorda que não precisa emagrecer para ser feliz! :)
    A sua resenha me deixou ainda mais interessada!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EXATAMENTE! Eu estava cansada de ver mulheres que precisavam emagrecer para se sentirem aceitas socialmente!

      Excluir
  18. Oi Nina,
    Estou doida para ler essa obra de empoderamento desde quando vi a divulgação do lançamento, amei a premissa e, pelo que li, os comentários positivos mostram com brilhantismo essa história incrível e repleta de lições. Tudo indica que essa garota vai conquistar muitos leitores.
    Já estou encantada com a história da Will, estou ansiosa para acompanhar a jornada dessa personagem tão cativante que irá mostrar a importância do amor próprio. Esse livro vai muito além de um romance adolescente mesmo, traz uma história repleta de reflexão e lições.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você consiga ler logo, Mi. Você vai amar!

      Excluir
  19. Oi, Nina!!
    Gostei bastante da resenha e fiquei bem empolgada com a estória desse livro, acho tão legal quando as personagens dos livros são mais parecidas com o nosso mundo real que tem problemas iguais que qualquer pessoa pode ter, certamente esse livro já me conquistou!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  20. Ola!
    Eu já tinha visto o lançamento desse livro e fiquei bem curiosa pela trama dele. O livro tem uma história muito bancada e interessante, nele podemos ver que qualquer pessoa que esteja acima do peso pode fazer o que puderam e não precisa estar nos padrões da beleza e isso é muito interessante a forma que foi feita, gostei bastante do livro.

    ResponderExcluir