O Sincronicídio é o romance policias de estreia de Fabio Shiva. O livro inicia com uma série de misteriosos assassinatos que ocorrem na cidade de Rio Santo, Brasil. Apenas um policial parece apto para desvendar o caso.
O inspetor Alberto Teixeira é o herói do livro e protagonista, por este motivo ele está marcador para morrer. Spoiler?! Não. Com sabemos?! Quem nos conta é o narrador da história, que inicialmente não se identifica.
Mesmo sendo um “pequeno” calhamaço, toda a história de O Sincronicídio se passa em apenas um dia, e juntos ao protagonista, somos guiados por uma conclusão com diversas tipos de interpretações, uma história forte e pesada que nos desafia, que literalmente coloca em xeque o leitor. A nossa imaginação leva a muitas possibilidades e isso é o que mais engrandece o livro.

E foi assim que descobri que a inocência é como a esperança. Sempre resta um pouco mais para se perder.

Embarcando no mistério que envolve o livro do início ao fim, o leitor mergulha na mente humana, um lugar negro e ainda desconhecido capaz de muitas coisas. Juntos ao caso, vamos conhecendo o protagonista e sua psique, é nesta parte que o autor explora e mistura, psicologia, teorias, culturas, sexo e tudo que o imaginável permite, passamos por todo o turbilhão de lembranças que o Inspetor Teixeira possui.
Confesso que todo o enredo é um tanto complexo. Um exemplo disso é o primeiro capitulo de número 51. Curioso né? Fabio inova e impressiona com sua criatividade, imaginação e sem dúvidas, inteligência. O autor conta a história através do “passeio do cavalo” (técnica usada no xadrez onde apenas a peça se move pelo tabuleiro), juntamente com os 64 hexagramas do I Ching, o Livro das Mutações. Tudo isso até chegar ao seu objetivo, o xeque mate e sua grande descoberta. Complicado?! No começo pode ser, mas apenas lendo o livro para entendermos toda esta construção que o autor arquitetou.
O Sincronicídio é um livro que te dá espaço para imaginar, e isso foi o melhor do livro para mim. A trama toda passou na minha cabeça como deveria funcionar, se pudesse dar uma dica, daria uma: fique atento a todos os detalhes. Sem dúvidas é um livro fora do normal, que me deixou abismada com seu desfecho. Trata-se de um enredo onde coisas “inimagináveis” acontecem, e com isso se faz original e único até o momento. Por todas suas 520 páginas eu me vi presa a história, uma conquista para poucos livros. Recomendo a leitura!

  • O Sincronicídio
  • Autor: Fabio Shiva
  • Tradução: -
  • Ano: 2013
  • Editora: Caligo
  • Páginas: 520
  • Amazon

rela
ciona
dos

Lançamentos da Netflix para dezembro 6 Motivos para ler Estúpida Promessa 7 Clássicos preferidos dos leitores O que esperar da 2º temporada de Bridgerton?