Despertar faz parte da série Espiral do Desejo da autora Nina Lane, e conta com sete livros e um conto, mas por enquanto, aqui no Brasil apenas os três primeiros livros da série foram publicados.

Em Despertar, temos início com a história de Liv West e Dean West que formam um casal perfeito. Casados há três anos, eles se amam muito e não há conflitos na relação que os façam temer o futuro. No entanto, a perfeição do relacionamento é ameaçada quando a menstruação de Liv atrasa e com isso ela pode estar grávida. Uma criança que seria uma benção para vários casais, não é para Liv. Ela nunca desejou ser mãe, pois sua infância foi pautada ao ver uma sucessão de casos fracassados da mãe, onde ela era arrastada pelo país indo de casa em casa de seus namorados. Além de sua mãe não ter sido, de jeito nenhum, um exemplo de mãe de verdade.

Liv acredita que nunca poderá ser uma boa mãe e por isso não tinha o desejo de ter filhos, mas esse simples atraso em sua menstruação abre portas em sua mente e coração. Tendo um homem apaixonado por ela e ela por ele, por que não ter um bebê agora? Porém, o que Liv não esperava era a expressão de alívio de Dean quando os dois descobrem que ela não estava grávida de verdade.

Dean sabia sobre o passado conturbado de Liv e sabia do seu desejo de não ter filhos, ainda assim ela fica incomodada com o modo como ele reagiu. Ela sente que tem algo a mais por trás dessa história, mas não tem certeza o que é. E quando ela descobre o motivo, tudo o que ela acreditava saber sobre Dean, se desfaz rapidamente.

No encaramos. Neste momento, vejo com uma clareza repentina o que nosso casamento sempre foi. Dean manteve sob seu controle todas as questões delicadas com potencial para me machucar. E eu permiti que ele fosse meu escudo, mantendo tudo à distância.

O segredo que virá a ser revelado aqui traz muitas consequências ao casamento de Liv e Dean. A estabilidade do casamento é abalada e os protagonistas ao invés de tentarem resolver seus conflitos como adultos, acabam se magoando ainda mais. Foi muito complicado acompanhar a jornada dos dois até o final sem poder entrar no livro, colocá-los frente a frente, e assim obrigá-los a resolverem tudo. Principalmente quando Dean usava palavras que magoaram demais essa leitora aqui.

Alguns fatores em Despertar me incomodaram demais. Um deles, acredito que isso tenha sido proposital na história, era para que Liv pudesse finalmente superar alguns traumas do passado. Em vários momentos eu a via se apoiar em alguém ou se sentir contente por conta de um elogio, como se isso fosse o suficiente para fazê-la feliz, porém o que ela não percebia era que usava isso como uma tábua de salvação. Liv só seria realmente feliz quando acreditasse em si mesma e não no que os outros diziam ou faziam por ela.

Um outro fator que me incomodou foram as cenas em excesso de sexo. A contra capa do livro deixa claro que se trata de um livro com conteúdo adulto, porém a autora Nina Lane pecou pelo excesso e parece transformar os protagonistas em dois coelhos. A história ganharia bem mais sem todas essas cenas e se focasse na tentativa de resolução dos problemas do casal. Em vários momentos, o sexo era usado como modo de não resolução do conflito, era usado como uma fuga.

Uma estranha calma se instala no meu coração. Talvez ele precise me ver como algo além da esposa fiel e da mulher que tem que proteger. E talvez eu precise vê-lo como algo além do marido inabalável e do homem que resolve todos os problemas sem esforço.

Espero muito que no próximo volume, Desejar, nossa protagonista Liv cresça mais na história nesse sentido e que Dean possa tratar Liv como uma mulher adulta e não esconder fatos importantes por medo de machucá-la. No mais, a escrita de Nina Lane é bastante fluída e leve, apesar da carga dramática que o livro traz. Além disso, o enredo se desenvolve em cima de um fato que o torna diferente de muitos outros romances: aqui o casal já está formado e feliz. Em Despertar, vemos a história que se passa depois do “felizes para sempre” e vamos ver que nem sempre há apenas flores pelo caminho.

  • Arouse
  • Autor: Nina Lane
  • Tradução: Alexandre Boide
  • Ano: 2018
  • Editora: Paralela
  • Páginas: 320
  • Amazon

rela
ciona
dos

Adaptações literárias que estreiam em agosto Novo trailer de John Wick e novidades da franquia Novidades sobre Halloween Ends, último filme da franquia Pachinko e outras resenhas de livros para você amar