Você já sentiu vontade de se comunicar com uma das grandes mentes do século atual, ou quem sabe com seu grande ídolo? Seria muito legal que ele respondesse não é mesmo!? Mas imagina se ele publicasse sua pergunta e a resposta que você recebeu em um livro, achando que a sua dúvida possa interessar mais pessoas, incrível né?

Foi exatamente isto que o físico mais hypado da atualidade fez, Neil DeGrasse Tyson selecionou dezenas de mensagens que recebeu ao longe de vários anos, nas mais diversas plataformas, e criou um livro fabuloso, com toda sua conhecida irreverência e seu dom para lidar com o público, Neil consegue construir um livro animado, com perguntas que vão desde simples mensagens de apoio e admiração, a xingamentos revoltados que só o twitter poderia ter permitido, até chegar a dúvidas relevantes e que ensinam muito sobre astrofísica. Um bom exemplo disso são as reflexões sobre a existência de Deus ou de vida após a morte, ou sobre como a física deveria ser ensinada para crianças nas escolas primárias.

Eu sou um grande fã de Neil DeGrasse Tyson, gosto da maneira como ele se expressa e da forma como ele desmistifica o físico, que sempre foi visto como o cara com dificuldade em se expressar e que era avesso a câmeras de vídeo, postura completamente contrária a do escritor, que não se atem aos textos acadêmicos e é especialista em falar com o público em geral, o que inclusive faz com que ele seja bem criticado por doutores como ele. E além de ser seu fã, tenho uma queda imensa por livros que se propõe a responder questões, acho eles de fácil leitura, além de ter a certeza de que acabarei a leitura menos burro do que a comecei.

Nos últimos anos este tipo de livro tem se popularizado, muitos escritores americanos tem construído obras neste estilo, como fez recentemente a melhor agente funerária do mundo, Caitlin Doughty, respondendo perguntas de crianças sobre a morte, ou como fez, antes de morrer, o fabuloso Stephen Hawking, no seu livro “Breves Respostas Para Grandes Questões”, outro livro de um astrofísico nos moldes deste aqui.

Então, minha expectativa com o livro já era das melhores, e eu não me decepcionei, adorei a leitura, gostei da maneira como ele foi construído, dividindo os conteúdos por temas como: Paternidade, Vida e Morte, Reflexões e Filosofia.

Gosto de livros construídos a partir de tópicos porque eles se tornam mais leves, com um desenvolvimento bem fluído, permitindo que assuntos, muitas vezes chatos e fora da realidade de vida de quem os lê, se tornem mais compreensíveis. Além disso, existe o fato de que você pode ler ele com mais calma, sem precisar se prender a 100% da história para entender quem é o assassino ou descobrir a tônica real do enredo, você apenas absorve aquilo que está recebendo, adquirindo conhecimento, e, por vezes, refletindo sobre o que está aprendendo.

Outro ponto que torna este livro bem legal esta no fato de que as mensagens recebidas e as respostas enviadas pelo Dr. DeGrasse são normalmente rápidas, o que possibilita que você pare a leitura com facilidade em qualquer ponto dela, podendo assim intercala-la com outra ou até lê-la em momentos onde você não terá muito tempo para se dedicar a ela, como no intervalo do trabalho/escola ou durante sua viagem de ônibus.

Mas, sem dúvida, o ponto que faz Respostas de Um Astrofísico ser mais interessante está no fato de conhecermos outro Neil DeGrasse Tyson na obra, não vemos apenas o astrofísico, pois em muitos momentos no livro ele não fala sobre o cosmo ou as peculiaridades dos astros, acaba, na verdade, tecendo opiniões sobre a vida, dando ideias para seus fãs de como lidar com a perda de um ente querido ou como esperar pela morte, se desprendendo da parte teórica e apresentando uma visão humana de tudo.

Em um dos capítulos ele fala sobre uma possível alucinação que uma pessoa teve achando que o pai morto, colocado no caixão em sua frente, estaria conversando com ela, então Neil dá ideias de como saber se aquilo era algo da mente da pessoa ou algo real, a ideia dele é infalível: dar um papel em branco para alguém que esteja perto, esta pessoa bolar uma pergunta extremamente aleatória e erguer o papel para cima, se a resposta a ela for algo no mínimo coerente, você com certeza estaria falando com o além, já que seu cérebro não seria capaz de formular uma resposta para uma pergunta que você nem sabia qual era.

Cito essa passagem no livro porque ela exemplifica o quão incrível ele é, aliando uma coisa completamente mundana e que pode acontecer com qualquer um de nós, ao mesmo tempo em que encontra uma solução extremamente plausível, e irrefutável, para um problema sem precisar entrar no mérito da crença ou da orientação religiosa da pessoa. Isso passando longe de chama-la de mentirosa ou de tratar com desdém um contato, é isto que faz de Neil alguém tão especial.

Além de tudo isso, o físico ainda fala sobre a sua família, contanto histórias sobre amigos, parentes, seus pais e até sua filha, mostrando um lado pessoal nunca antes visto em seus, também maravilhosos, livros anteriores.

Respostas de Um Astrofísico é um livro para quem gosta de ler, não precisa nem gostar de física ou entender algo sobre ela, você saíra mais inteligente e terá uma dose de entretenimento muito agradável, refletindo e aprendendo coisas importantes para sua vida, de maneira leve e que pode ser encaixada em qualquer momento do seu dia a dia.

  • :etters From an Astrophysicist
  • Autor: Neil DeGrasse Tyson
  • Tradução: Nicolas Pettengill
  • Ano: 2020
  • Editora: Record
  • Páginas: 272
  • Amazon

rela
ciona
dos

7 livros para sagitarianos Os livros queridinhos do TikTok Livros de não ficção mais vendido em 2021 Livros de ficção mais vendido de 2021