Título Original: Você Nunca está Sozinho
Autora: Thati Machado
Ano: 2015
Disponível da plataforma Wattpad
Páginas: 6 partes
Saiba mais aqui

Não faz muito que falei sobre Impermeável aqui no blog e talvez contos com tão poucas páginas nem necessitassem de resenhas (como as minhas, tão longas), mas as mensagens que a Thati trás em seus contos são tão profundas que seria impossível não debater sobre. Hoje eu trago mais um conto curto, mas que fala muito em suas páginas.
Aqui, Thati trabalha com um pano de fundo que deveria sim, ser mais debatido atualmente. A ideologia de que para ser feliz deve-se manter uma vida de aparências, ainda mais quando debatida no mundo adolescente.
Em busca disso, Daniela não poupou esforços para alcançar tal feito. Ela se afastou de tudo que a não fazia popular, dentre estas coisas estava sua amizade de anos com Bernardo, seu melhor amigo e vizinho de janela. Longe de Bernardo ela mudou completamente, tudo para ser algo que a faria (teoricamente) mais feliz. Emagreceu, ganhou amigos na escola, e colecionava seguidores em suas redes sociais. 
Porém, o preço que Daniela paga para ter tudo que sempre sonhou é a solidão, nada daquilo a completava, ela ao mesmo tempo que tinha tudo, quando chegava em seu quarto encontrava apenas culpa. Sua janela que antes vivia aberta agora estava fechada. Do outro lado temos Bernardo um garoto gentil, que mesmo com o afastamento repentino de sua amiga continuou o mesmo, ele não entendia, mas aceitava.

Este conto em especial teve um significado todo especial para mim, histórias que falam sobre amizade sempre me tocam mais. Para mim, não existe algo mais leal do que a verdadeira amizade. Nada é construído sem a base da amizade. O verdadeiro amigo quer estar perto de ti, sem nada em troca, apenas por estar, sem interesses, nem julgamentos.
Eu senti tudo isso ao ler Você Nunca está Sozinho. Thati Machado mais uma vez faz uma crítica valiosa a sociedade que impõe um exemplo de vida perfeita e de caminhos corretos, onde não deveria existir. Tudo isso é muita pressão para os jovens de hoje em dia, e digo mais, ainda mais para as garotas. A necessidade de se ter uma aparência desejável e aceitável é tanta, que o conto da autora me pareceu totalmente real. Seu único “defeito” é ser curto demais!
A autora trabalha com os padrões de beleza com maestria, fala sobre os verdadeiros valores da vida e sobre o que nos faz verdadeiramente felizes. Recomendo a leitura, é só entrar e ler. Conheça uma história singela, de amor e de amizade de forma pura e verdadeira. Abram os olhos leitores, sua felicidade pode estar na próxima janela.

rela
ciona
dos