Oi gente! Hoje trago uma entrevista nacional, de uma pessoa que admiro demais e que me  conquistou desde as primeiras páginas que li do seu livro de estreia. Lembro muito bem quando a Ligia, logo nos primeiros meses de blog me convidou para resenhar Nas Proximidades do Amor, que na época estava disponível apenas na Amazon, lembro o quanto fiz uma leitura rápida e o quanto me apaixonei pela história da Nalu e do Alec.
Foi uma alegria imensa, saber que depois de um tempo, enfim o trabalho dela seria reconhecido e lançado pela Novo Século, eu vibrei como uma conquista do blog também! Como se não bastasse tanta alegria, Ligia resolve me presentear com uma citação minha estampada em seu livro, tem como receber mais carinho?! 
Para quem não a conhece, está perdendo tempo, conheça a autora e se joga em tudo que ela tem a escrever! Para que vocês conhecessem mais da minha querida Ligia, preparei uma entrevista com ela!  Espero que gostem e desde já, obrigada Ligia por tudo, muito sucesso e arrasa!

Ligia Ortiz nasceu na capital de São Paulo em 1981. Inquieta por natureza, cursou Publicidade e Propaganda e atuou em agências conceituadas onde trabalhou com grandes clientes. Encontrou na escrita uma forma de aplicar seu instinto criativo. Além de escrever, ama ler e, principalmente, estar com a família. Atualmente reside em Jundiaí com seu marido e filho. Nas Proximidades do Amor é seu primeiro romance.

Para saber mais, acesse: Site | Instagram | Twitter

1) Você sempre quis ser escritora, ou isso veio de algum(a) momento/mudança na tua vida?
Sempre gostei de ler, mas nunca havia pensado em seguir pela carreira literária. Sou publicitária e trabalhei por muito tempo na área, mas, chegou um momento onde eu não tinha mais a mesma satisfação do início. Então, eu comecei a testar outras áreas. Algumas eu fiquei por um período, outras não, porém, em nenhum momento senti aquela certeza que eu precisava, de estar no caminho certo. Um dia quando finalizei um livro a ideia veio repentinamente: e se eu escrevesse alguma coisa? A partir daí não consegui mais parar, rsrs.
2) Recentemente você participou da Bienal do Livro no RJ. Você alguma vez, chegou a achar que isso poderia acontecer?
De jeito nenhum, rsrs. Quando fechei contrato com a editora, percebi que a data de lançamento seria próxima da Bienal, mas até aí… No processo de produção, comecei a pedir para meu editor. Eu queria ir para a Bienal, mas não tinha ideia se conseguiria ou não, afinal, Nas Proximidades do Amor é meu primeiro livro. Acabou que deu certo e foi tudo maravilhoso. Adorei cada momento e cada pessoa que conheci. Foi uma experiência que vou levar para a vida.

3) Como foi receber a notícia que seu livro seria publicado?! E qual foi sua reação ao ver o livro finalizado?
Morri mil vezes. Eu sou entusiasmada por natureza e, vou dizer, nem eu estava me aguentando, rsrs. Melhor sensação do mundo. E quando peguei o livro pela primeira vez eu quase chorei. Às vezes tenho a sensação de que tudo isso está acontecendo com outra pessoa, e não comigo.
4) Qual teu processo de criação?! Você tem algum ritual? ou é algo que vem naturalmente?
Não tenho um ritual propriamente dito. Faço primeiro um esboço e depois vou enriquecendo o texto, é a forma que mais funciona pra mim. Gosto muito de escrever na primeira hora da manhã, quatro ou cinco horas. É perfeito porque não tenho interrupções e eu funciono melhor na parte da manhã. Independentemente de estar inspirada ou não, eu escrevo. Procuro manter a disciplina porque se eu for sempre esperar pelo momento ideal, as palavras podem demorar muito a aparecer, rsrs.
5) O que você pode falar para os leitores que ainda não conhecem sua obra sobre a série Predestinados?
Conheçam! Rs. Predestinados é uma série que aborda as dificuldades encontradas nos relacionamentos. O primeiro livro, Nas Proximidades do Amor, conta a história da Nalu, uma mulher que não quer se aventurar em relacionamentos em função de um rompimento anterior. Apesar dela manter uma amizade com benefícios com um colega de trabalho, em nenhum momento ela deixa ele se aproximar o suficiente. Até que Alec surge em sua vida. O início é desastroso e, mesmo com a forte atração entre os dois, eles se estranham. Mas com o passar do tempo, a amizade começa a florescer e fica impossível continuar negando o sentimento que só aumenta mais e mais. O livro é recheado de reviravoltas cheias de emoção, que mostram o quanto é importante manter a confiança um no outro.
6) De onde os personagens Nalu e Alec vieram? São inspirados por alguém próximo a você?
Tudo fruto da imaginação. Claro que situações do dia a dia podem ou não inspirar em algumas cenas. Uma coisa que eu sabia desde o princípio é que os dois seriam bem teimosos. Criei um Alec com uma personalidade determinada ao extremo. Ele sabe o que quer e corre atrás. A Nalu também é decidida, mas nem sempre faz as melhores escolhas.
7) Desde o início você tinha esta ideia de escrever uma série ou conforme os personagens foram crescendo você sentiu a necessidade de contar a história deles também?
Não, eu queria apenas um livro. Só que a história da Thais e do Lucas foi ganhando peso e, eu comecei a pensar em como eu resolveria essa questão sem deixar o livro enorme. Não deu. Então resolvi fazer um próximo no qual o casal protagonista será a Thais e o Lucas.
8) Qual a previsão para o seu próximo livro?! E qual casal será o protagonista?!
Ainda este ano, creio que em novembro, eu concluo o Renitências do Amor, o próximo livro da série Predestinados. Como eu disse acima, a história será sobre Thais e Lucas e já aviso, será explosiva, rsrs. Ainda não tenho previsão para a publicação. Quando terminar entrarei em contato com a editora e, só depois consigo dizer quando será publicado.
9) Ligia quais são os planos futuros?
Muitos e muitos livros. Para este ano tenho um outro lançamento, Aparências, livro que estou disponibilizando capítulo a capítulo no Wattpad. Assim que o concluir vou retirá-lo da plataforma e publicá-lo de forma independente.
Para os anos seguintes (sim, anos) tenho mais algumas histórias que já estão engatilhadas. Muito trabalho pela frente, rsrs.
10) Por fim, deixe uma mensagem para os leitores do Estante Digonal!
O que dizer? Eu tenho um carinho imenso pelo Estante Diagonal, um dos meus primeiros parceiros. Obrigada a todo pessoal do blog por acreditarem em mim. Um imenso “muito obrigada” a Joi, parceira da melhor qualidade, uma querida que eu tenho a honra de ter ao meu lado <3.
A todos que acompanham esse incrível blog, superobrigada por lerem e participarem desse momento tão gostoso da minha vida.
Se quiserem saber mais sobre o meu trabalho, me encontrem pela internet. Vou adorar conhecer vocês 😉

Confiram a resenha que fiz do livro Nas Proximidades do Amor aqui

rela
ciona
dos

Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário” Junji Ito anuncia série de terror pela Netflix Lançamentos de livros que chegarão as livrarias em breve