Tribunal das Sombras é o segundo volume da série Casa das Fúrias, da autora Madeleine Roux. O primeiro livro se chama A Casa das Fúrias e o terceiro, que já foi lançado pela Plataforma 21, se chama Tumba dos Antigos.

Aqui nesse segundo livro, a protagonista volta a Casa Coldthistle depois de seis meses dos acontecimentos finais do primeiro livro. Louisa agora está aceitando seu trabalho como criada na casa, contudo tem o sonho de um dia conseguir abandonar essa realidade. Tentando se entender como uma criança trocada e aprendendo a lidar com seus poderes, Louisa terá que lidar com mais dois problemas em sua vida: um homem que diz ser seu verdadeiro pai e a tradução de um misterioso livro. Tudo isso enquanto o Sr. Morningside recebe estranhos convidados para o tribunal das sombras.

Eu fiquei muito curiosa com o rumo da história, depois do final do primeiro livro. Achei interessante como a autora coloca três situações importantes nesse livro e consegue trabalhá-los de forma profunda.

Louisa é uma menina perdida, então tem dons que ainda não conseguiu entender nem desenvolver como gostaria, contudo a chaga da carta de seu pai faz com que ela consiga desenvolver esse dom, já que ela necessita dele para ler a carta do pai. Isso também está relacionado com o pedido que Sr. Morningside faz a ela, traduzir o Diário de Bennu. Gostei muito de como a autora coloca os fragmentos do livro durante a narrativa, trazendo assim uma história paralela, mas que tem importância para o contexto dos personagens.

Você vira sozinha e terá as respostas para todas as suas perguntas e mais. Algumas respostas, desconfio eu, você desejara esquecer.

O foco sai um pouco do que acontece na casa, pois isso já foi trabalhado no primeiro livro e fica com os novos convidados que estão ali para o Tribunal das Sombras. Evento organizado para julgar o Sr. Morningside. Os convidados são peculiares e possuem um mal diferente, então a interação entre eles e os empregados deve possuir certa distância. Acho que eles trouxeram aquele ar de mistério para o livro e deixa a história com um ar mais de horror, como eu gostaria que fosse. Claro que coisas que não deveriam acontecer com a presença deles ali, vão acontecer né.

Uma das coisas mais legais nesse aqui é o fato de Louisa querer salvar seus amigos dessa realidade. A ideia dela é ir embora e levar eles com ela. Então vamos ver com isso a obstinação dela em alcançar esse objetivo. E isso fica muito bem amarrado com a trama envolvendo seu verdadeiro pai. Falando em pai, aqui neste volume vamos conhecer a origem da Louisa e o que ela realmente é como uma criança perdida, a mistura de uma humana com um ser místico.

Tribunal das Sombras vem mais forte que o primeiro volume e apresenta uma trama interessante e consistente. O final alia as duas histórias que estavam sendo trabalhadas na trama e deixa aquela sensação de curiosidade para o futuro da série.

  • Court of shadows
  • Autor: Madeleine Roux
  • Tradução: Guilherme Miranda
  • Ano: 2018
  • Editora: Plataforma 21
  • Páginas: 346
  • Amazon

rela
ciona
dos

Lançamentos da Netflix para dezembro 6 Motivos para ler Estúpida Promessa 7 Clássicos preferidos dos leitores O que esperar da 2º temporada de Bridgerton?