Thomas Ott é um quadrinista especializado em histórias de terror, que se utiliza da técnica “carte-a-gratter” e quase nenhum diálogo em seus trabalhos. A técnica, explicada por Maria Clara Carneiro na edição lançada pela Darkside Books, consiste em criar o desenho, copiar sobre um papel de riscar e após isso, talhar o papel escuro com um estilete, revelando assim um efeito de rasgado na arte.

Com todo este diferencial, a Darkside traz, pela primeira vez ao Brasil, Cinema Panopticum, lançado originalmente em 2005. Na obra perceberemos um parque pela cidade e nossa garotinha protagonista parece bastante animada em conhecê-lo. Porém ela possui apenas cinco moedas e todos os brinquedos parecem custar muito mais do que isso. Andando pelo parque ela acaba chegando até uma cabine escura com pequenos filmes tipo cinescópios, e lá que nossos pesadelos começam. Conforme essa garotinha vai inserindo suas moedas, vamos conhecendo as 6 histórias contidas nesse quadrinho, que de alguma forma irão se conectar.

Mesmo que sejam histórias curtinhas, elas deixam sua marca no leitor e cumprem seu papel em causar a impressão do horror. O primeiro conto é O Hotel e já é bastante repugnante, o segundo, O Campeão é bastante sentimental na minha opinião, sem dúvida é meu preferido. O terceiro é O Experimento, que gostei muito e traz uma mistura de Junji Ito e Creepshow. E por fim temos O Profeta, que causa também uma certa estranheza. O último deixarei em segredo para não estragar a experiência de leitura de vocês, mas tenho certeza de que além de surpreendente ele te deixará de cabelo em pé.

Curti bastante conhecer essas histórias mudas, porém bastante creepies, então se você é fã do gênero, deve com certeza conhecer o trabalho de Thomas Ott e o que sua mente genial consegue fazer. Dá para perceber que a imaginação desse quadrinista é bastante sombria e as histórias que saem dela, apesar de silenciosas, são aterrorizantes, que causam incômodo e receio durante a leitura. Fica a cargo da nossa imaginação a atmosfera aterradora e a arte de Ott contribui com maestria com este efeito. Sem dúvidas ficarei ligada em outras obras do quadrinista por aqui!

  • Cinema Panopticum
  • Autor: Thomas Ott
  • Tradução: -
  • Ano: 2021
  • Editora: Darkside Books
  • Páginas: 112
  • Amazon

rela
ciona
dos

Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário” Junji Ito anuncia série de terror pela Netflix Lançamentos de livros que chegarão as livrarias em breve