Hoje vim falar com vocês sobre O Chamado de Cthulhu, de H.P. Lovecraft, autor estadunidense que inovou o gênero do terror. O seu tipo de terror, desafiou as crenças da época em que foram escritas e com o passar das décadas, desde seu falecimento em 1937, suas obras lhe garantiram o título de um dos escritores mais influentes do século XX.

Em O Chamado de Cthulhu, conheceremos esta entidade cósmica, provavelmente, a mais famosa do autor, que é também um dos líderes dos Grandes Antigos. Cthulhu possui proporções gigantes e é descrito pelo autor com uma aparência híbrida de um ser humanoide em conjunto com características de polvo e dragão. 

Essa entidade é adorada por uma seita milenar que busca trazê-la de volta ao nosso plano atual, mas obviamente, tal ato nos levaria diretamente para o apocalipse. Tudo isso descobriremos através da narrativa do sobrinho-neto de George Angel, que descobrirá a existência dessa seita, em 1926, Boston. Anos depois, após revirar os pertences de seu tio-avô, Francis Thurston, irá adentrar neste mundo misterioso repleto de assassinatos misteriosos e rituais horríveis nos pântanos de Louisiana.

Descubra mais sobre a vida de H. P. Lovecraft

Após sua primeira aparição neste conto, a entidade passou a ser mencionado em outras histórias do universo lovecraftiano, levando o nome de “Mitos de Cthulhu“, termo criado pelo escritor August Derdeleth como referência ao panteão de criaturas que habitam os contos de Lovecraft.

Nesta edição ilustrada maravilhosa, publicada pela Darkside Books, seremos levados para esse conto, porém, dessa vez, totalmente agraciados pela arte desse terror absoluto e indizível da história. E isso se deve pela grandiosa arte de François Baranger, artista francês responsável pela versão ilustrada e definitiva da obra. A obra foi publicada originalmente através de financiamento coletivo, que conseguiu arrecadar nove vezes mais do que o autor havia solicitado.

O artista conta na edição que tentou se ater às descrições de H. P. Lovecraft fielmente, portanto, é considerado por muitos fãs, como a melhor obra que transcreve a beleza e o horror do universo.

Para quem adquirir o livro diretamente do site da editora, poderá garantir um pôster lindo de Cthulhu, com toda sua magnitude, a edição é em capa dura e está sendo comercializada num tamanho maior do que o habitual. 

E aí? Tá preparado para embarcar nessa aventura que te levará diretamente para a loucura? Depois que você conhecer visualmente essa obra, nunca mais o universo lovecraftiano será o mesmo.

  • The Call of Cthulhu
  • Autor: H.P. Lovecraft, François Baranger
  • Tradução: Ramon Mapa
  • Ano: 2021
  • Editora: Darkside Books
  • Páginas: 64
  • Amazon

rela
ciona
dos

Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário” Junji Ito anuncia série de terror pela Netflix Lançamentos de livros que chegarão as livrarias em breve