Blackout é uma coletânea de histórias de amor curtas que foi escrito por seis autoras: Dhonielle Clayton, Tiffany D. Jackson, Nic Stone, Angie Thomas, Ashley Woodfolk e Nicola Yoon. Dhonielle é a idealizadora do livro, foi ela quem convidou as outras autoras a escreverem essas histórias de amor.

O plot é o seguinte, durante uma onda de calor em Nova York, um blackout acontece. Alguns casais são surpreendidos por um sentimento em comum: o amor.

Kareem e Tammi eram um casal, mas por algum motivo a relação acabou. Os dois acabam se reencontrando durante uma entrevista de emprego e só um deles pode ficar com a vaga. Tremaine e JJ se conhecem da escola. Eles não tem contato um com o outro, mas acabam pegando o mesmo trem quando o blackout acontece. Nella e Joss nunca se viram, mas os velhinhos do asilo juram que elas são feitas uma para a outra. Porém, Nella está de coração partido e não quer se envolver com ninguém.

Lana e Tristan são amigos de longa data e em breve ela irá se mudar por conta da faculdade, mas antes de ir ela quer contar ao melhor amigo que é apaixonada por ele. Kayla e Tre’Shawn namoram há bastante tempo e todos acreditam que os dois devem ficar juntos para sempre, porém Kayla fica balançada por Micah, o aluno novo da escola. Grace e Seymour acabam de se conhecer, na verdade, ele é o motorista dela no momento. Ela está indo a uma festa esfregar na cara do ex-namorado que está super de bem com a vida.


Todas as histórias se passam durante um blackout em Nova York e seus personagens estão conectados de algum jeito, além de todos serem negros. Representatividade! Nós sabemos o quanto a representatividade é importante e, as vezes, quando são retratadas é para contar alguma história trágica. Não que livros assim sejam ruins, pois sabemos que muitos livros relatam realidades vividas e servem como conscientização. Porém, não é apenas de dor e sofrimento que os negros vivem. A ideia para que essas histórias fossem de amor, surgiu a partir disso: quantas histórias de amor existem com personagens negros? E não é só isso, temos alguns casais LGBTQIA+. Sim! Temos casais variados de todas as formas.

Algumas histórias são contadas melhor no escuro. Não apenas as assustadoras com uma perseguição no meio da floresta. Ou as de mistério em que vários suspeitos estão presos na mesma casa. Mas até histórias de amor pode brilhar quando as luzes se apagam.

Eu simplesmente me deliciei com os romances! São muito fofos e de aquecer o coração! A única história que não curti muito foi A Longa Caminhada. A relação do casal foi muito gato e rato. Claramente o casal pegou uma situação simples de se resolver e criaram uma bola de neve com ela. Não gostei disso, mas as outras cinco histórias eu amei! O meu top três casais preferidos foram: Tremaine e JJ; Nella e Joss, e Grace e Seymour.

Acompanhar a jornada de cada personagem por uma Nova York em um blackout foi uma sensação incrível. A cidade que nunca dorme, mesmo em um blackout, não parou um minuto e esses personagens provaram nos mostrando a cidade em pontos e perspectivas diferentes. Um único ponto que achei que deveria ter sido mais desenvolvido seria o encontro de todos os personagens, que infelizmente não aconteceu. Ainda assim, isso não tira o prazer que foi acompanhar esses romances.

Estou dizendo que talvez você deva deixar de lado seus velhos sonhos e criar novos.

Algumas autoras eu já li alguns livros, como a Nicola Yoon e da Angie Yhomas. Ambas gosto muito! Tenho um livro da Dhonielle Clayton, que não o li ainda, mas espero conseguir ler em breve. Das outras três autoras, espero ter a chance de conhecer algo só delas também. Sei que da autora Nic Stone tem o livro Cartas para Martin publicado aqui no Brasil. Já está na lista!

Só posso terminar essa resenha recomendando muito Blackout e que os amantes de um bom romance vão simplesmente amar.

  • Blackout
  • Autor: Vários
  • Tradução: Karine Ribeiro
  • Ano: 2021
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 272
  • Amazon

rela
ciona
dos

Livros de bruxaria moderna para você conhecer Livros banidos no Brasil e pelo mundo 6 livros com casas mal assombradas Nimona vai ganhar um filme de animação em 2023