últimasResenhas

Vencedora dos Prêmios Hugo e Nebula na categoria “Best Novel”, a Trilogia de Marte, escrita por Kim Stanley Robinson, trata-se de uma das mais importantes histórias de ficção científica publicadas ao longo do século XX. Reconhecida e comentada por diversos escritores do gênero literário, além de teóricos da literatura e professores de física, química, biologia e mais uma porção de disciplinas, a história desta série de livros me acompanhou ao longo de todo o processo de pesquisa e estudos sobre literatura de ficção científica e distopia, realizado para que pudesse escrever e defender minha dissertação de mestrado. Entretanto, mesmo com a lista de autores nacionais e internacionais que indicaram a leitura de Red Mars e destacaram sua relevância para o meio literário e científico, meu contato com a história de Marte Vermelha aconteceu somente após a finalização de todos os processos e revisões necessários para que aquela dissertação de mestrado, construída com muito carinho, suor e lágrimas, fosse entregue para publicação.

Fundamentada em extensa pesquisa científica – comenta-se que Kim Stanley Robinson desenvolveu um arquivo de mais de 2000 páginas de informações, dados e conhecimentos científicos – Red Mars emprega uma premissa complexa, profunda e carregadíssima em reflexões, críticas e exercício de algo que filósofos como Hans Jonas chamariam de futurologia comparativa, porém, que poderíamos facilmente denominar como um criativo e instigante exercício imaginativo acerca de “tudo o que poderia acontecer caso a humanidade decidisse viver em Marte”.

Tomando como ponto de partida essa necessidade, vontade ou ambição humana por dominar o planeta vermelho, conheceremos o programa espacial que, financiado por diversos países – dentre eles Japão, Estados Unidos e Rússia -, selecionou 100 profissionais das mais variadas áreas do conhecimento para treinar, preparar e encaminhar ao desolado, inabitável e misterioso novo mundo. Uma vez em Marte, estes 100 indivíduos devem iniciar o planejamento, construção e concretização de projetos essenciais para a manutenção da vida humana, além de garantirem a disponibilização de acomodações, veículos de locomoção, edifícios de pesquisa, espaços capazes de produzir alimento e toda uma gama de atividades e usos que permitirão não somente a sobrevivência inicial do primeiro grupo de pessoas a pisar em solo marciano, mas também que direcionarão suas forças para estratégias e planos de terraformação. Continue lendo

icon-newsletter

Receba os
posts por
e-mail:

The Dark Man | Stephen King

04 jun, 2020

The Dark Man é a ilustração de um poema do Stephen King escrito nos primórdios de sua carreira, quando Randall Flagg ainda nem era Randam Flagg. Na faculdade o autor imaginou um homem de preto vagando pelas estradas pedindo carona. […]

Junho – Top Comentarista

03 jun, 2020

Mês de junho e muita nostalgia por aqui! Estes últimos dias foram tantas novidades reveladas, tanta coisa boa vindo por aí que lógico que tinha que trazer algumas delas para vocês! Enfim, o ganhador do top comentarista de junho poderá […]

The Outsiders | S. E. Hinton

30 Maio, 2020

Livros que abordam a complexidade da transição da adolescência para a vida adulta sempre foram histórias que me interessaram, meu apego a esta época se deve ao fato de que nunca de fato, soube lidar com esta fase e eu […]

Luz Que Fenece | Barbara Baldi

29 Maio, 2020

Clara vê seu mundo desabar após a morte de sua avó, Lady Sutherland, a matriarca da família. Após a leitura do testamento, se cria um abismo na relação dela com sua irmã, já que ela ficou com a propriedade da […]

O Ninguém | Jeff Lemire

26 Maio, 2020

O Ninguém é a releitura de Jeff Lemire do clássico O Homem Invisível, de H.G. Wells, publicado originalmente em revistas em 1897. A obra já foi adaptada diversas vezes para o cinema e entre as mais conhecidas estão as de […]

A Rede de Alice | Kate Quinn

24 Maio, 2020

Em uma viagem a Southampton com a mãe, Charlie St. Clair, uma jovem universitária americana, decide fugir para Londres em busca de encontrar sua prima que desapareceu na França. Em Londres, Charlie conhece Eve Gardiner, uma senhora que foi espiã […]

O Mundo Invisível Entre Nós | Caitlín R. Kiernan

22 Maio, 2020

Meu amor pela escrita, criatividade, universos fantásticos, enigmas sombrios e personagens inusitados, criados pela mente habilidosa de Caitlín R. Kiernan, não é segredo para ninguém. Desde o momento em que me deparei com a belíssima e misteriosa capa de A […]

Notre-Dame | Ken Follet

19 Maio, 2020

Era fim de tarde de 15 de abril de 2019, um dos maiores símbolos católicos do mundo estava ruindo entre as chamas, a capital francesa parou para assistir um dos seus principais cartões postais arder em meio ao céu azul, […]

Um Mar de Segredos | Catherine Steadman

18 Maio, 2020

O que você faria caso encontrasse durante sua viagem de lua de mel, em alto mar, uma mala cheia de dólares e diamantes? Este é o dilema que o casal Erin e Mark irá viver em meio aos paradisíacos cenários […]

10 Graphic novels para entrar no mundo dos quadrinhos

16 Maio, 2020

Se vocês tem me acompanhado, sabem que ultimamente as graphic novels tem dominado as minhas leituras. Pensando em cada vez mais trazer este conteúdo para o Estante Diagonal, organizei uma lista de 10 leituras que acabaram virando minhas preferidas. E […]

Invisível | Tarryn Fisher

15 Maio, 2020

Invisíveis são todos aqueles que residem em Bone. Pobres criaturas infelizes. Esquecidos pela sociedade, pelo governo, pela justiça. As ruas são labirintos tortuosos que escondem segredos sombrios e asquerosos. E nas ruas, casas fantasmagóricas preenchem de cinza os dias solitários […]

A Garota que Lia as Estrelas | Kiran Millwood Hargrave

13 Maio, 2020

Essa história começa como qualquer outra que tenha o fantástico como o principal ingrediente de sua trama. Ela começa com uma garota, um mapa misterioso, uma galinha de estimação, um governo injusto e uma amizade improvável. Ela começa também com […]


1 2 3 127