Resenha: O Circo da Noite

Título Original: The Night Circus
Autora: Erin Morgenstern
Ano: 2012
Editora: Intrínseca
Páginas: 365
Amazon - Saraiva

Publicado em 2012 pela Intrínseca, O Circo da Noite nos convida para percorrer uma história mágica recheada de amor, mistério e personagens peculiares. Quando li pela primeira vez, eu fiquei maravilhada com o mundo criado pela autora Erin Morgenstern. Sem contar que os capítulos curtos dão uma velocidade gostosa para a leitura e quando você menos espera já está envolvido com toda essa história.

O livro é narrado em terceira pessoa e eu confesso que não é o meu tipo de narrativa favorito, mas funcionou bem para essa história que está mais focada em falar sobre um circo mágico do que no romance entre os personagens. Erin nos convida a viajar no tempo apresentando uma realidade fantástica no final do século XIX. 

Le Cirque des Rêves é um circo todo em preto e branco que surge nos lugares da noite para o dia e promete apresentações espetaculares e mágicas. Ele foi arquitetado durante anos pelos melhores especialistas. Mas esse local mágico é na realidade um campo de batalha montado por dois grandes amigos que gostam de apostar suas expertises através de seus aprendizes.

"Nenhum anúncio o precede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma menção ou propaganda nos jornais locais. Simplesmente está lá, quando ontem não estava."

Hora do Drama: Strong Woman Do Bong-Soon

STRONG WOMAN DO BONG-SOON

País de Origem: Coréia do Sul
Gênero:
Fantasia, Ação, Romance, Comédia
Ano: 2017
Duração: 16 episódios - 60 minutos

Pausa para explicação: se você nunca viu um drama antes deve estar se perguntando - Mas que droga é essa? - Bom, explicando de forma bem breve, drama é como são chamados os seriados asiáticos. Você também vai escutar muito nesse meio a denominação doramas, mas recentemente aprendi que essa designação está mais voltada para os dramas japoneses. Você que acompanha o Estante Diagonal deve estar achando estranho um post sobre isso aqui, mas graças aos deuses, a Joi aceitou meu pedido e agora posso compartilhar meu amor asiático com vocês. Você deve saber que eu sou uma bookaholic fanática, que gasto mais dinheiro com livros do que com roupas e que nunquinha antes precisei decidir entre ver um filme ou ler um livro, pois a resposta era óbvia. Mas então conheci os dramas e olha, tá muito difícil dividir o tempo entre esses dois amores. Tem de todos os gêneros e para todos os gostos, você raramente os verá dublados e prepare-se: vai viciar completamente. Strong Woman foi meu mais recente amor. O drama foi um mega sucesso na Coréia do Sul e aqui, entre os fãs do gênero, virou uma febre. Por ele ser tão incrível, vou começar a nova coluna do blog com ele. 

Do Bong-Soon descende de uma linhagem de mulheres extremamente fortes, embora seja uma menina doce, ela sofre constantemente com o excesso de força. Sem poder controlar seus poderes e com medo do que pode acontecer caso seu segredo seja revelado ao mundo, ela tenta desesperadamente esconder seu verdadeiro eu. Não bastasse a pressão que ela sofre em casa para conseguir um emprego, ela ainda precisa lidar com o amor não correspondido que sente pelo melhor amigo. In Gook Doo é um policial dedicado que sempre deixou claro seu tipo ideal de mulher, elas precisam ser meigas e frágeis. Com isso em mente Do Bong evita a todo custo usar sua força, enquanto sonha com o dia que verá seus sentimentos serem correspondidos.

[Sorteio] Aniversário Tudo que Motiva e Coisas da Juu

Olá pessoas, tudo bem?

Hoje é dia de comemorar, o Tudo que Motiva e o Coisas da Juu comemoram 3 anos de existência e é óbvio que queremos comemorar com os nossos leitores queridos. Serão vários livros para 5 sortudos diferentes. Tem e-book, marcadores, capa de livro e LIVROS dos mais diversos tipos e gêneros literários. Tem até livro em inglês \o/ 


Resenha: A Melodia Feroz

Título Original: This Savage Song
Autora: Victoria Schwab
Ano: 2017
Editora: Seguinte
Páginas: 384
Amazon - Saraiva

A Melodia Feroz é o primeiro volume da duologia Monstros da Violência que tem seu lançamento programado para o início de junho. Na fantasia contemporânea criada pela autora Victoria Schwab, conheceremos uma realidade onde os monstros nascem da violência e foi por esta premissa proposta que a autora me surpreendeu.

Aqui os monstros nascem de cada ato de violência, os não letais, os originados de homicídios e até crimes mais sombrios, como atentados em massa. É possível surgir dois tipos de monstros mais comuns, os Corsais que são seres completamente alérgicos a luz e que se alimentam de carne e ossos e os Malchais, monstros mais racionais que se alimentam de sangue, tiram suas forças da noite, mas que conseguem viver a luz do sol. Existe também um terceiro tipo de monstro, mais poderoso, porém muito mais difícil de serem encontrado. Os Sunais eram raros e tinham a aparência idêntica aos humanos, eles só se alimentam da alma de pecadores e para isso, é necessário emitir apenas uma nota musical. 

A Cidade V é separada entre Norte e Sul e cada uma dessas extremidades é controlado por líderes com ideologias bem diferentes. Collum Harker, um impiedoso controlador que estabeleceu um trato com os monstros do lado Norte. Aqueles que tiverem seu medalhão não poderiam ser tocados. Kate, sua filha, sonha em herdar o império do pai que, por algum motivo, sempre a manteve distante. August é filho de Henry Flynn, um líder que busca a paz e defende os inocentes, ele também sonha em ser como seu pai, porém ele esconde um segredo, ele e seus irmãos são os únicos sunais vivos e juntos formam a maior arma do lado Sul.

"Muitos humanos são monstros. E muitos monstros sabem se passar por humanos."

Resenha: A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

Título Original: A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison
Autor: Enéias Tavares
Ano: 2014
Editora: Leya
Páginas: 304
Amazon - Submarino

Ano passado tive a oportunidade de conhecer a obra steampunk do autor nacional e meu conterrâneo, Enéias Tavares. Lançado em 2014 pela Leya, a obra é o primeiro de uma série chamada Brasiliana Steampunk e hoje vou falar um pouquinho sobre ela aqui para vocês.

Primeiramente, acompanharemos a chegada do jornalista Isaías Caminha na cidade de Porto Alegre dos Amantes. Ele está incumbido de cobrir um caso que chocou a cidade gaúcha. Ele deve entrevistar o assassino, um respeitável e refinado médico. O Dr. Antoine Louison se encontra preso no asilo São Pedro, um local que recebe homens psicóticos e mulheres histéricas administrado pelo alienista Simão Bacamarte. Após o dia da entrevista, que fora bastante perturbadora, espalha-se a notícia que o assassino em série havia escapado e não há nenhuma pista sobre o seu paradeiro.

Desta forma, jornalista e leitor embarcam neste mistério tendo que desvendar as reais motivações do assassino e o que estaria por trás dos crimes de cunho tão cruéis. No meio desta jornada, Isaías depara-se com o Parthenon Místico, uma sociedade secreta de figuras cultas que acreditam que os atos de Louison são completamente aceitáveis. Neste grupo conheceremos Solfieri de Azevedo, o imortal, o cientista Dr. Benignus, o casal Sergio Pompeu e Bento Gonçalves e a médium e encantadora Vitória Acauã. Em um Brasil retrofuturista de 1911, estes personagens desvendarão a verdadeira podridão deste caso.

"Tratava-se de Madame de Quental. Ao ser apresentado a ela como um alienista, a ilustre dama, que afastava de si o calor com um exótico abanador escuro, sorriu com dentes cintilantes e disse-me que agora estava aliviada, pois população do Porto dos Amantes estava indubitavelmente salva. Ao questioná-la perguntou-me se não fora avisado de que todos naquela cidade eram "loucos, insanos, dementes e psicóticos."