Em Pedaços | Lauren Layne

Título Original: Broken
Autor: Lauren Layne
Tradução: Lígia Azevedo
Ano: 2018
Editora: Paralela
Páginas: 247
Amazon

Aos vinte e dois anos, Olivia leva uma vida de novela. Linda, loira e muito rica, é a herdeira de uma fortuna e sempre se viu cercada por famílias importantes, cheia de privilégios e benefícios que só o dinheiro pode proporcionar. Perfeita aos olhos dos outros e muito querida por todos. Porém, existe algo a atormentando, tirando a sua paz e despertando em seu íntimo a necessidade de fugir desse meio ao qual sempre viveu e é justamente por isso que ela larga a faculdade, e aceita um emprego “desafiador”. 

Irá se mudar para uma cidade pequena e se dedicará aos cuidados de um ex-soldado que recém retornou da guerra. Tal feito a coloca ainda mais em evidência, as pessoas começam a enxergá-la como um ser altruísta, quando na verdade suas motivações são egoístas, Olivia está buscando por redenção.

Paul só quer paz, viver como um recluso, longe de tudo e todos. O sentimento que predomina em seu coração é a raiva. Raiva do mundo, do seu pai, de si mesmo, raiva de tudo que presenciou e viveu na guerra, raiva de suas perdas, de sua impotência, das sequelas, feridas físicas e emocionais que sempre irá carregar. Porém, seu pai parece não ser capaz de compreender tudo que ele passou, sua necessidade de isolamento e insiste em mandar um cuidador atrás do outro, como se milagrosamente tudo fosse mudar e impiedosamente Paul os afastas, uma briga que parece longe do fim, até que... Olivia chega.

“É que, lá no fundo, sei que a razão pela qual vim pra cá foi a noção inocente de que ajudar Paul acabaria me ajudando. Que, de alguma forma, eu poderia consertar o que estivesse quebrado e podre dentro de mim.”

Entrevista: Isabela Pâmelli Martins

Em seu segundo romance, o primeiro, Copadrama - Uma Tragicomédia Brasileira, foi lançado em 2009 pela Amazon nos USA, a autora Isabela Pâmelli Martins compartilha com o leitor memórias de uma jovem brasileira na Cidade da Luz. Paris, Mon Amour – As Memórias de Uma Jovem Brasileira na Cidade Luz irá revelar Pâmelli, uma jovem carioca que com apenas dez anos de idade resolveu alçar voo rumo aos EUA, mas que aos vinte e dois parte para a sua primeira viagem para à França.



É esta viagem que encontraremos pelas páginas de "Paris, Mon Amour", uma história que fala sobre o crescimento de uma jovem romântica e do ano em que ela viveu e se apaixonou perdidamente em Paris. O relato é emocionante, divertido, mas também rico em detalhes culturais e antropológicos. Muito dessa jornada é baseado nas próprias experiências da autora e sabendo disso, resolvi fazer uma entrevista com ela para conhecer um pouco mais sobre este trecho de sua vida. Vamos conhecê-la?

Prazeres Sombrios | Kresley Cole

Título Original: No Rest For The Wicked
Autora: Kresley Cole
Tradução: Renato Motta
Ano: 2018
Editora: Valentina
Páginas: 352
Amazon

A Série Imortais estreou no Brasil através de Desejo Insaciável, lançado em 2016. Neste ano, a Editora Valentina trouxe o segundo volume, o terceiro lá fora, Prazeres Sombrios. A série retrata uma realidade em que seres mitológicos habitam a Terra com nós, mortais. Existem várias espécies, Vampiros, Lykaes, Fúrias, Espectros, até Fadas e Valquírias. O mundo para eles se chama Lore e mesmo circulando entre a gente, eles estão constantemente em guerra. 

Em Prazeres Sombrios conheceremos Sebastian Wroth, transformado há séculos em vampiro contra a sua vontade. Desde então, vive solitário e consumido pelo ódio. Porém as súplicas pela sua própria morte parecem ser atendidas quando Kaderin, uma guerreira que tem como missão caça-lo e mata-lo, surge para colocar um fim no seu sofrimento. A bela valquíria é desprovida de qualquer sentimento, desde que perdeu suas irmãs no campo de batalha, Kaderin não pôde sentir o próprio luto. Mas as dores e todas as emoções que foram extintas naquele dia, parecem ganhar vida novamente quando ela hesita em eliminar seu inimigo. Sebastian desperta em Kaderin um desejo incontrolado, mas isso não pode atrapalha-la, justo agora que está participando da Corrida do Talismã, a única chance que tem para se utilizar de um poderoso artefato que poderá modificar o passado e salvar suas irmãs. Será que Kaderin conseguirá manter o foco, mesmo sabendo que Sebastian também resolve participar da competição para conquista-la?

Está aqui mais uma leitura divertidíssima, concluída com sucesso. O que fora pouco explorado no livro anterior, Desejo Insaciável, neste ganha mais corpo. A mitologia por trás de Lore se mostra mais ampla e pode ser melhor compreendida. Entendemos melhor como funciona este mundo e como estes seres vivem em sociedade. Adorei rever como o coven de Valquírias funciona e como elas, mulheres fortes e destemidas se posicionam num reino, aparentemente, domina por homens. Aliás, são delas as melhores habilidades demonstradas até agora.

Mas Tem Que Ser Para Sempre? | Sophie Kinsella

Título Original: Suprise Me
Autora: Sophie Kinsella
Tradução: Raquel Zampil
Ano: 2018
Editora: Record
Páginas: 378
Amazon

Iniciamos esse livro com Sylvie descobrindo que seu marido fez algo errado. E logo depois temos Sylvie contando como tudo aquilo começou.

Casados há dez anos, Sylvie e seu marido Dan vão em uma consulta médica de rotina e lá descobrem que suas saúdes estão ótimas e que possuem muitos anos de vida juntos ainda. O médico faz uma piada sobre isso e diz que eles têm mais 68 anos juntos. O que seria uma boa notícia, já que o normal seria ficar feliz em passar a vida junto de alguém de quem se gosta, no entanto, os dois acabam ficando um tanto surtados com a notícia. O que eles fariam com esses 68 anos juntos? Como não deixar a relação morrer? Então, Sylvie surge com ideias inusitadas para que a relação não vire um tédio ao longo dos anos, porém muitas acabam atrapalhando o casal.

O casal já tinha uma vida perfeita no ponto de vista de Sylvie, então por que surtar tanto por isso? Mas é aí que o leitor vai vendo algumas falhas nessa vida tão perfeita que Sylvie acreditava que tinha com Dan. Ao longo do livro vamos descobrindo momentos que fazem Sylvie ficar chateada, como o fato de Dan nunca querer falar de seu pai. Sylvie tinha uma relação maravilhosa com o pai, que morreu em um acidente, mas Dan por algum motivo acabou se distanciando do sogro antes que esse morresse. O que será que pode ter acontecido?

"Sempre fomos um ‘casal com C maiúsculo’. Unido. Conectado. Líamos os pensamentos um do outro. Terminávamos as frases um do outro. Achei que não poderíamos mais surpreender um ao outro. Bem, isso mostra que eu não sabia de nada."

O Amante da Princesa | Larissa Siriani

Título Original: O Amante da Princesa
Autora: Larissa Siriani
Ano: 2018
Editora: Verus
Páginas: 224
Amazon

Maria Amélia de Bragança é uma princesa, e tal título lhe inibe de encontrar o amor por si própria, afinal, ela tem uma responsabilidade e um nome a zelar. Apesar disso ela reluta fortemente quando a mãe escolhe um pretendente sem que ela tenha ao menos uma chance de vê-lo. Como ela irá se casar com um homem que não ama? Essa parece ser uma questão problemática demais para resolver e quando o tal noivo chega em sua casa para uma breve estadia ela percebe que existem questões bem maiores do que essa para lidar, se apaixonar pelo charmoso e envolvente melhor amigo do prometido por exemplo.

Klaus Brachmann recebeu um convite irrecusável do melhor amigo Maximiliano que irá viajar para uma terra longe e desconhecida a fim de conhecer a noiva, acompanhá-lo nessa jornada e quem sabe se divertir com algumas damas de companhia durante a estadia no Palácio das Janelas Verdes. Ele só não esperava que ao colocar os olhos na princesa Maria Amélia, qualquer outra mulher perdesse mesmo seus maiores atrativos. O olhar inocente e altivo lhe atraiu de imediato, mas ela era a noiva do melhor amigo, portanto proibida para ele, um homem comum demais para a nobreza. Quando Maximiliano precisa viajar às pressas, deixa Maria Amélia aos cuidados de Klaus e essa parece ser a oportunidade perfeita para que eles possam se conhecer um pouco melhor. Difícil será não se apaixonar por essa mulher, que já domina seus pensamentos desde o primeiro instante.

Que fique claro que eu nunca fui muito boa em história na escola, e que quando se trata de personalidades que fizeram parte do nosso passado, esse conhecimento se torna quase nulo. O livro de Larissa Siriani faz o favor de resgatar um pouco dessa essência e através de uma escrita fluida ela revive uma de nossas memórias, sem perder é claro, a liberdade literária que permite a doce e engenhosa ficção. 

"Sem aviso, abaixa-se e beija minha mão. Sinto seus lábios na pele, apesar da luva. Seu hálito reverbera e queima minhas veias, um fogo diferente de qualquer coisa que já senti. Ele me cega e me tira o ar e, quando solta minha mão, levo um instante para me recuperar por completo."

Top Comentarista - Novembro

O top comentarista de novembro tá imperdível! Um ganhador poderá escolher um dos três livros disponíveis. Internacional Guy que é um romance mais quente da autora Audrey Carlan, a mesma autora de A Garota do Calendário, o fenômeno Vox, um lançamento da Arqueiro em que a história acontece numa sociedade onde as mulheres só podem falar cem palavras por dia e por último, Princesa das Cinzas, uma fantasia onde a princesa de um reino é mantida como prisioneira.

Não tem como perder! Confira as regras e participe!